GOVERNO ZUMBI

No Brasil existe hoje, só consigo definir assim, um governo zumbi, do presidente Temer, que não delega nada, só se mantém graças a força do dinheiro e distribuição de cargos e favores com aqueles que se submetem a vender o voto e a confiança que recebeu de seus eleitores. E, não vai demorar, também só conseguirá sair às ruas no período da noite, sendo obrigado a ficar recluso enquanto sol estiver aberto e o olhar mais atento da população conseguir visualiza-lo. O país parou, onde só se discute a próxima delação e o que fará o poder judiciário, não esquecendo que, além das principais lideranças ditas de oposição, o próprio presidente da República encontra-se as voltas com denúncias de corrupção. O Brasil precisa exorcizar essa, ou essas, almas penadas que andam vagando pelo solo pátrio.

O EFEITO PALOCCI

Um novo quadro começou a ser pintado depois que o ex-ministro Antônio Palocci resolveu falar e, para aqueles poucos que ainda tinham dúvida, detalhar o envolvendo do ex-presidente Lula em todo mar de lama que se transformou, ou transformaram, o Brasil. Sem argumento sólido, perderam a razão, os seguidores do líder petista resolveram atacar o juiz Sérgio Moro, lançando informações sobre o que seriam erros de sua missão na Lava Jato, quando se trata do ex-presidente. Essa é uma prática antiga, ou seja, tentar desacreditar de alguma forma quem denuncia. Já estão até dizendo que o ex-companheiro Palocci anda pressionado, e por isso, não sabe o que diz. Mas, por enquanto e, esperamos em nome da verdade que continue assim, não tem surtido nenhum efeito essa tentativa. Mais parece que estão enxugando gelo, enchendo “pneu” de trem ou engarrafando fumaça.

O RELAXAMENTO DA SELEÇÃO BRASILEIRA

Eis que, de repente, o futebol voltou a cair de qualidade. Estou falando das queixas que ouvi, e com razão, depois dos dois últimos jogos da seleção brasileira pelas eliminatórias da Copa do Mundo 2018, quando caiu a qualidade do seu futebol. Com alguns eu ponderei que, talvez, seja por conta da classificação já assegurada para o mundial da Rússia. Porém, existe aqui um detalhe: Tem ou não esse direito depois do fracasso em 2014? Eis a questão. Para o torcedor, depois da péssima campanha na Copa, dentro de casa e, principalmente, aquela goleada para os alemães, a seleção teria que continuar na mesma pegada mostrada após a chegada do treinador Tite, indo para cima e vencendo seus adversários. Vencendo e convencendo. Infelizmente não existe hoje, entre os jogadores, aquele comprometimento de outrora, quando se tinha orgulho de jogar na seleção e, queriam sempre que o Brasil fosse o melhor. Hoje, mais parece, uma vitrine de loja de luxo expondo algumas mercadorias. Quando estas são valorizadas, para tudo e aguarda a próxima promoção.

CAERN, REPAROS URGENTES

Acompanhando o noticiário, fazia tempo que não via isso, parece que voltou a complicar o serviço prestado pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern). Na sequência, e recente, tivemos problemas com os abastecimentos das cidades de Tibau, Areia Branca e agora, nove bairros de Mossoró encaram a falta do chamado precioso líquido. Assim, passamos a entender, que é preciso um trabalho urgente para modernizar ou, no mínimo, renovar a estrutura disponível. Problemas no serviço sempre existiram, no entanto estão mais recorrentes e isso preocupa.

PREPARANDO O LITORAL

O litoral potiguar começa a se preparar para o período de veraneio. Destaco aqui a movimentação observada na cidade de Tibau, tanto com serviços sendo realizados, do tipo, a limpeza de ruas e acessos à praia, como também a preocupação da secretaria municipal de turismo com os serviços oferecidos. Ouvi uma entrevista do titular da pasta na rádio FM 104, local, e este esclarecia aos comerciantes a importância de receber bem o turista para que ele possa gostar e voltar. Agora é só aguardar pelas atrações que possam reforçar aquilo que já foi ofertado pela natureza.

MENSAGEM

“Nossas vidas começam a terminar no dia em que permanecermos em silêncio sobre as coisas que importam.” – Martin Luther King

O ROMBO ANUNCIADO NA PREVI

O assunto andou ocupando espaço na mídia e depois deu uma sumida, mas esse é um tema que não pode desaparecer do debate. Pelo menos até tudo ser devidamente apurado e explicado. Falo das denúncias de rombo na Previ Mossoró. O pior, pelas denúncias feitas pelo próprio diretor Elviro Rebouças, meteram a mão no dinheiro e agora estão querendo cobrar a conta nas costas dos servidores. É o que acontece, por exemplo, na Câmara Municipal, na qual, o desconto feito pela Previ é sobre tudo que recebe o servidor, porém, na hora de pagar, estão querendo fazê-lo tomando como referência apenas o salário base. Quadro extremamente absurdo como tem sido a Previ desde a sua implantação quando aprovaram tudo sem ouvir o servidor.

O ALERTA DO ROMBO É ANTIGO

Quanto ao uso indevido dos recursos recolhidos pela Previ Mossoró, essa situação vem sendo denunciada faz tempo, ou seja, o alerta do rombo é antigo. Lembro dos frequentes pronunciamentos dos ex-vereadores Thomaz Neto e Genivan ao ocuparem a tribunal nas sessões da legislativa mossoroense. Falaram até dos descontos feitos nos salários dos servidores e, sequer, foram repassados para o Instituto de Previdência. Como disse na nota anterior, o tema não pode cair no esquecimento, cabendo aos servidores, as autoridades comprometidas com a legalidade e o próprio Ministério Público, fazer o tema andar, tudo seja apurado e, existindo culpados, que estes sejam punidos. Inclusivo sendo obrigados a devolver o valor subtraído, sem prejuízo de outras penalidades.

O CENÁRIO POLÍTICO, OPÇÕES DUVIDOSAS

Como confiar na turma que quer voltar e naqueles que estão enrolados? Sobram opções duvidosas. Este é o cenário político para a campanha que se aproxima ao governo do Rio Grande do Norte. Hoje o atual governador Robinson Farias, que já pensa tomar outro rumo, tem problemas com denúncias de corrupção. Por sua vez, concorrem também, pelo menos são opções colocadas, os nomes de Fátima Bezerra e Tião Couto, integrantes de partidos, PT e PSDB respectivamente, envolvidos nas investigações e denúncias da Operação Lava Jato, siglas profundamente desacreditadas que irão precisar de bons argumentos para convencer a população que os casos são pontuais em suas agremiações.

TROCA DE CADEIRAS

Parece até uma orquestra harmoniosa, mas se configura mesmo é como uma verdadeira troca de cadeiras. Me refiro ao noticiário de que o governador Robinson Farias poderá se candidatar a uma vaga de sanador, embora tenha direito a concorrer à reeleição no RN. A mudança teria como motivação as dificuldades locais e a candidatura da senadora Fátima Bezerra, parece irreversível, ao governo potiguar. Caracteriza ou não uma aparente troca de cadeira, ou seja, tudo na mais perfeita harmonia entre aqueles que seriam, hoje, os principais concorrentes ao governo do Rio Grande do Norte? Com esse desenho, eles teriam maior chance de serem felizes pelos próximos quatro anos.

QUE MUNDO É ESSE?

Ataques racistas e nazistas nos Estados Unidos e, terrorismo na Espanha. Nos resta perguntar: “que mundo é esse?”. Acrescento a violência urbana pelo Brasil, e novamente pergunto, “que mundo é esse?”. Perderam o respeito pela vida e vulgarizaram a morte. Como falam os mais crentes e tementes a Deus: “Só Cristo Salva!”.

 

Notícias semelhantes