"Rombo" na prefeitura

Gestão de Rosalba tinha apresentado dívida duas vezes menor

Volume revelado por levantamento da equipe econômica surpreendeu

O passivo atual da prefeitura de Mossoró de quase R$ 1 bilhão de reais vem chamando a atenção de todos. Embora tenha débitos de gestões anteriores (como no caso da Previ e dívidas judiciais, por exemplo), o volume é muito maior do que muita gente imaginava. Para se ter uma ideia, a revisão do orçamento para esse ano é de cerca de R$ 700 milhões.

No conturbado processo de transição, a equipe da ex-prefeita Rosalba Ciarlini, do Progressistas (PP) tinha apresentado à equipe do prefeito Allyson Bezerra, do Solidariedade (SDD), um relatório com dívidas que chegavam a R$ 340 milhões, valor quase duas vezes menor que o revelado hoje pela equipe econômica municipal.

De acordo com uma fonte ouvida pelo Portal do RN, a equipe de transição de Allyson Bezerra imaginava que a dívida seria pelo menos o dobro do que o revelado pela gestão anterior, mas se surpreendeu com o total final apontado pelo levantamento.

Além de uma dívida de quase R$ 1 bilhão, a gestão da ex-prefeita Rosalba Ciarlini realizou ações que dificultarão o pagamento das dívidas. “Eles apagaram do sistema dívidas liquidadas e dívidas empenhadas, Vamos ter que fazer um grande esforço para encontrar uma forma dessas dívidas serem reconhecidas legalmente para posterior pagamento”, ressaltou Frank Felizardo, secretário de Planejamento.

A equipe econômica da prefeitura de Mossoró revelou que a gestão da ex-prefeita Rosalba Ciarini deixou em caixa recursos próprios no valor de R$ 4 milhões.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...