Emprego

Confira o edital do concurso público da Polícia Civil do RN

Estão sendo ofertadas mais de 300 vagas para delegado, escrivão e agente

O Governo do Rio Grande do Norte publicou no Diário Oficial do Estado (DOE/RN) desta quarta-feira, 25/11, o edital do concurso público que visa a contratação de delegados, agentes e escrivães para os quadros da Polícia Civil/RN. O anúncio havia sido feito ontem pela governadora Fátima Bezerra (PT/RN).

De acordo com o documento, estão sendo oferecidas 301 vagas, sendo 47 para delegado; 230 para agente; e 24 para escrivão. Há exigência de nível superior para todos os cargos. Para o cargo de delegado, o candidato precisa ter a graduação completa em Direito. A taxa de inscrição é de R$ 150,00 para quem quiser concorrer às vagas de delegado e de R$ 120,00 para os demais cargos.

Em maio deste ano, os salários iniciais e finais passaram por reajustes. Desta forma, a partir deste mês de novembro, os policiais receberão os seguintes vencimentos: R$16.670,59 para delegados, e R$ 4.731,91 para agentes e escrivão. O salário final de delegado pode chegar a R$ 25 mil, e para os demais cargos, superior a R$ 10 mil.

O novo concurso da Polícia Civil é aguardado há anos no Estado do Rio Grande do Norte. A seleção ocorrerá após 12 anos sem um edital para as carreiras. As inscrições poderão ser feitas a partir das 14h da próxima sexta-feira, 27 de novembro, por meio do site da Fundação Getulio Vargas (FGV) , banca organizadora. Os interessados poderão se inscrever até as 16h do dia 21 de dezembro.

Candidatos inscritos no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico) poderão solicitar a isenção da taxa, no período de 27 de novembro a 1º de dezembro. As provas estão previstas para acontecer dia 7 de março de 2021. O exame será realizado na cidade de Natal, das 8h às 13h30 (agente e escrivão) e das 8h às 12h30 (delegado). A prova objetiva contará com 100 questões.

Os candidatos do concurso da Polícia Civil do Rio Grande do Norte serão avaliados em diversas etapas, como provas objetivas; provas discursivas, avaliação física (exceto para o cargo de escrivão); prova prática (somente para o escrivão); exame psicotécnico; e curso de Formação.

Para ser aprovado será preciso acertar, no mínimo, 50 questões. Somente os primeiros 600 candidatos aprovados, na ampla concorrência, no cargo de delegado, terão as provas discursivas corrigidas. No caso do agente e do escrivão, somente serão corrigidas as avaliações dos primeiros 1.500 e 600 aprovados, respectivamente, na ampla concorrência.

Conforme o edital, a prova discursiva para o agente e escrivão será realizada no mesmo dia da objetiva (7 de março). No caso do delegado, no entanto, o exame está previsto para o dia 14 de março, das 8h às 12h.

Os aprovados serão convocados para as demais etapas. O concurso terá validade de dois anos, contados a partir da data de homologação do resultado final, podendo ser prorrogado uma vez e por igual período.

Os aprovados na seleção ainda realizarão o curso de formação. Para esta etapa, a delegada-geral da PC/RN, Ana Cláudia Saraiva, já antecipou que, além das 301 vagas, mais candidatos serão convocados.

“A expectativa é que, após o edital, em um prazo de 240 dias, nós possamos receber o pessoal já recrutado para o curso de formação”, disse a delegada.

Após alteração na Lei Complementar nº 673, o governo prevê que possam ser convocados para o curso de formação até três vezes o número de vagas no edital. Sendo assim, 903 candidatos podem ter chances de efetivação na PC/RN.

 

Concurso público

Órgão: Polícia Civil do Rio Grande do Norte

Cargos: agente de polícia, delegado e escrivão

Vagas: 301

Requisitos: nível superior

Remuneração: R$ 4.731,91 (agentes e escrivães) e R$16.670,59 (delegado)

Banca: Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Inscrições: de 27 de novembro a 21 de dezembro

Provas: 7 de março

 

Agente e escrivão

Língua Portuguesa (20 perguntas);

Raciocínio Lógico-Matemático (dez);

Noções de Informática (dez);

Noções de Administração (dez);

Noções de Contabilidade (dez);

Noções de Direito Constitucional (dez);

Noções de Direito Penal, Processual Penal e Legislação Extravagante (15);

Noções de Direito Administrativo (dez); e

Noções de Medicina Legal (cinco).

 

Delegado

Direito Constitucional (15);

Direito Penal (15);

Direito Processual Penal (15);

Legislação Penal e Processual Penal Extravagante (15);

Direito Administrativo (15);

Direito Financeiro e Tributário (cinco);

Direito Ambiental (cinco);

Medicina Legal (cinco);

Criminalística (cinco); e

Criminologia (cinco).

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...