Com fome, não dá para esperar

O Senado aprovou na segunda-feira, 30/3, o projeto que cria benefício de 600 reais para trabalhadores informais. Esse é um dos grupos de pessoas que em regra só come se trabalhar. Gente que precisa maar um leão por dia. Cidadãos que estão há mais ou menos 15 dias sem ganhar qualquer dinheiro. Para esses, a assistência governamental já deveria ter chegado. Governos, empresas e até mesmo pessoas com um mínimo de raciocínio e boa vontade se antecipam a problemas que certamente virão. Como no caso do coronavírus. Todo mundo sabia que chegaria por aqui. Assim como todo mundo sabe que se não ficar em casa, os números de casos confirmados e as mortes chegarão às alturas.

Pois bem. O projeto do benefício assistencial de 600 reais já foi aprovado na Câmara e Senado. Por todo o cenário que apresentamos acima, já deveria ter sido sancionado pelo presidente. O chefe do Poder Executivo nacional não seu deu ao trabalho sequer de dizer quando irá sancioná-lo. Aliás, sequer disse se sancionaria.

Enquanto isso, alguns de seus ministros dizem que, na melhor das hipóteses, até o dia 10 de abril o primeiro grupo de beneficiados receberá o dinheiro. Mesmo para um país em que mais da metade da população com emprego vive com apenas um salário mínimo, 600 reais é pouco. Mesmo sendo pouco, precisa chegar o quanto antes nas mãos de quem precisa. Quem tem fome não pode esperar.

 

COLAPSO

A Caern mostra preocupação com um possível colapso no abastecimento de água. Isso porque o consumo tem aumentado bastante nesses tempos de confinamento domiciliar. A orientação é para usar de forma racional. De minha parte, acho que como está todo mundo em casa, é possível que as pessoas criem estratégias para coletar as águas das chuvas.

CORONAVÍRUS

Pelo terceiro dia seguido, os dados apontam que o surgimento de casos novos de coronavírus no Rio Grande do Norte tem se mantido num patamar razoável. Os percentuais de crescimento em oscilado entre 6,5% e 13%. A nota triste é que o Estado registrou a segunda more causada pela doença.

COMISSÃO

A Ordem dos Advogados do Brasil/Subseccional de Mossoró (OAB) criou nesta quarta-feira, 1/4, a Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Autismo. Ótima ideia. Amanhã, 2/4, se comemora o Dia Mundial de Conscientização do Autismo.

Comentários
Loading...