elevação

Calor eleva consumo de água em todo o estado

importante é usar a água de forma racional, evitando o desperdício. 

O calor registrado no mês de setembro elevou o consumo de água em todo o estado. Historicamente, as cidades do interior e Natal, constatam elevação de consumo no segundo semestre. As pessoas precisam do produto para fazer higiene e refrescar-se nas altas temperaturas. O importante é usar a água de forma racional, evitando o desperdício.

Mesmo a cidade do Natal, que possui um clima mais ameno, tem aumento no consumo nessa época. Alguns bairros precisam ter remanejamento do produto para atender satisfatoriamente os moradores.

A segunda maior cidade do estado, Mossoró, localizada no semiárido, registra temperaturas altas no segundo semestre. O clima típico nordestino, além da temperatura elevada, registra baixa umidade nos horários mais quentes. Essa junção de fatores reforça a necessidade de mais água para consumo. Com este cenário, a população precisa adotar hábitos conscientes em relação ao produto.

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) tem acompanhado estas demandas em diversas cidades, independente da região do Rio Grande do Norte. É importante que a população registre no teleatendimento 115, caso observe dificuldade de abastecimento. O gerente da Regional Oeste da Caern, Márcio Bruno Dantas, lembra que o aumento de consumo de água, em Mossoró, no segundo semestre é histórico.

Dados do volume faturado de água em Mossoró mostram bem a diferença entre os primeiros e segundos semestres dos últimos anos. Esse ano, em função do bom volume de chuvas, a média de consumo mensal ficou em 900 mil metros cúbicos de água para abastecimento em Mossoró. Já durante os meses dos segundos semestres dos últimos anos, como 2018 e 2019, o consumo mensal chegou a ultrapassar a casa de 1 milhão de metros cúbicos para abastecer a segunda maior cidade do Estado.

Orientações

A recomendação é que as pessoas façam uso racional da água e reforcem os cuidados para evitar desperdício. É sempre importante seguir as regras de não usar mangueira para lavar carros, evitar regar plantas em horários mais quentes, não deixar crianças brincando com a água, fechar torneira e chuveiro para ensaboar as mãos e o corpo. Reutilizar água dispensada pela máquina para limpeza de chão e fazer reaproveitamento de água para limpeza em outras partes da casa.

“O uso racional da água é importante, não só porque evita a falta do produto, mas também porque gera economia para a população, com a redução nas contas de água!, reforça o superintendente de Operação e Manutenção da Caern, Ricardo Barros.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...