Apesar do coronavírus

A pandemia do coronavírus é muito séria. A doença tem atingido cada vez mais pessoas, inclusive ceifando vidas. Tem trazido preocupação, feito pessoas adiar planos, empresas atrasar projetos e países reverem expectativas. Com quase tudo parado, economias claudicam. Mas é preciso resistir, no isolamento, é verdade, e ver que há esperança em meio ao caos. Porque:

apesar do vírus, as borboletas seguem buscando as flores;

apesar da dor, há alívio com o remédio;

apesar do sofrimento, haverá vitória;

apesar da crise, Jesus segue fazendo milagres e escutando nossas preces.

É necessário disciplina, fé e, sobretudo, acreditar.

Que a crise vai passar.

Que o ano não está perdido.

Que os doentes ficarão bons.

Que ninguém mais vai morrer.

Todos enfrentamos a mesma crise. A todos é exigido o mesmo sacrifício. Se todos fizerem o que é necessário, tudo aquilo em que acreditamos – e precisamos que aconteça – se tornará real.

“FURO” E RESPONSABILIDADE

O Portal do RN publicou ontem, 20/3, com exclusividade, a existência de um caso em que uma paciente com suspeita de coronavírus está internada em estado grave em um hospital privado da cidade. Como apenas o Portal do RN deu a notícia, nossos acessos bateram todos os recordes. Foram tantos views simultâneos que nossa página saiu do ar em alguns momentos.

“FURO” E RESPONSABILIDADE II

Nesses tempos em que há muita fake news e pouca preocupação com a busca da verdade, algumas pessoas, em grupos de whatsapp, questionaram a veracidade da informação, sobretudo porque omitimos o nome da paciente e o hospital onde ela está está internada. Não os divulgamos por duas razões simples, e explicamos isso na matéria: não expor a paciente e não provocar pânico.

“FURO” E RESPONSABILIDADE II

Antes de publicar a matéria, checamos todas as informações a que tivemos acesso sobre o mencionado caso. Por fim, buscamos posicionamento oficial, com a prefeitura ratificando a existência do caso (suspeita) e informando que em breve o resultado do teste será divulgado oficialmente. Sabemos, nos tempos hodiernos, o quanto se busca views, acessos, curtidas e compartilhamentos. Jamais adotaríamos o caminho curto da construção de notoriedade instantânea sem responsabilidade.

“FURO” E RESPONSABILIDADE IV

Infelizmente fomos informados por pessoas que sabem da nossa credibilidade que às vezes pessoas mal intencionadas utilizam informações e imagens de órgãos de comunicação sérios, como o Portal do RN para reproduzir notícias falsas.

“FURO” E RESPONSABILIDADE V

Reafirmamos aos nossos leitores o compromisso de buscar notícias e informações exclusivas, mas sempre produzidas sob a égide da responsabilidade. Agradecemos aos que compartilharam – e compartilham – de boa fé os links de nossas reportagens e a todos os que confiam no trabalho ético, responsável e de qualidade que realizamos. A todos, muito obrigado.

 

 

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...