Júri popular

Acusados de planejar morte de PM em Caicó são condenados a prisão

Edinaldo Alves da Costa Rangel foi assassinado em 2016

Foram condenados na madrugada desta quarta-feira (27) os três réus acusados de planejar e matar o cabo da Polícia Militar Edinaldo Alves da Costa Rangel, crime ocorrido em abril de 2016 na cidade de Caicó, no Rio Grande do Norte.

Os condenados são: Rita de Cássia Medeiros Alves Rangel, pena de 26 anos de prisão; Valdinez Fernandes dos Santos, pena de 21 anos; Thiago Medeiros Conforte, pena de 18 anos e 9 meses.

No processo, consta que Rita de Cássia foi a mandante do crime, ou seja, a pessoa que planejou a morte do próprio marido. Seu filho, Thiago, ainda segundo as acusações, foi quem deu apoio logístico. Já Valdinez Santos, apontado como amante de Rita, foi a pessoa que executou o policial com tiros à queima-roupa.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...