Mossoró

1ª etapa da campanha da febre aftosa termina com mais de 4,6 mil animais vacinados

A ação teve início em junho e se encerrou na última sexta-feira, 16

A Secretaria Municipal de Agricultura e Desenvolvimento Rural (SEADRU) divulgou balanço final de animais vacinados, produtores beneficiados e comunidades visitadas na 1ª etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa. A ação teve início em junho e se encerrou na última sexta-feira, 16, após prorrogação do Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do Rio Grande do Norte (IDIARN).

De acordo com o levantamento da pasta municipal, Mossoró vacinou 4.635 animais durante a campanha com 443 produtores beneficiados pela ação da Prefeitura de Mossoró de repassar a vacina contra a doença gratuitamente para agricultores com até 25 cabeças de gado. Foram visitadas 99 comunidades rurais.

“Nós vacinamos mais de quatro mil e seiscentos animais de quase 100 comunidades e mais de 440 agricultores foram beneficiados com as ações da secretaria. Isso vai garantir ao produtor uma certeza da comercialização do seu animal. Com o animal imunizado ele estará regularizado e pode ser comercializado e vendido”, destacou o titular da pasta, Faviano Moreira.

O secretário também ressaltou que a SEADRU superou as expectativas e metas desta primeira etapa da vacinação e enfatizou a parceria que a secretaria teve para o sucesso da vacinação no período. Ele destacou a presença maciça das mulheres na campanha de vacinação da febre aftosa.

“A secretaria conseguiu superar as expectativas e as metas. Contamos com duas equipes diariamente com 22 pessoas envolvidas na vacinação. Tivemos também uma parceria essencial com a Ufersa (Universidade Federal Rural do Semi-Árido), com residentes, estagiários. Foram 17 colaboradores, a maioria de mulheres que deram um tom especial a nossa campanha. A vacinação contou com o apoio muito importante dos agricultores e dos líderes comunitários”.

O veterinário Ruan Paulino também destacou as parcerias realizadas durante a campanha e todo o apoio recebido nas comunidades rurais visitadas durante a campanha.

“A campanha de vacinação acaba de forma bem sucedida, tendo em vista um grande número de agricultores contemplados e animais vacinados. Além disso, durante as visitas as comunidades, informações sobre a regularização do rebanho junto ao órgão de defesa sanitária também foram repassadas. A secretaria de agricultura agradece ao produtor rural, por todo o apoio e recepção nas comunidades e também agradece a parceria com a UFERSA, instituição na qual disponibilizou residentes e estagiários para participarem da campanha”.

A estudante do oitavo período do curso de Medicina Veterinária da Ufersa, Luiza Cordeiro, disse que a experiência em participar da campanha da febre aftosa nesse ano foi muito importante. Segundo ela, o contato com os produtores também contribuiu demais nessa vivência.

“A vivência para o aluno da medicina veterinária é muito importante, as práticas de campo, o contato com os produtores, a experiência e a conversa com as famílias da zona rural, principalmente pro veterinário que visa a área de animais de produção é indispensável, e nada pode substituir isso”.

Luiz também enfatizou a parceria entre a PMM e a Ufersa que aproxima o estudante do homem do campo o que gera um intercâmbio e aprendizado para as partes.

“A parceria da Prefeitura de Mossoró com a UFERSA facilita a chegada do aluno ao produtor, gerando interação e ganhos de ambas as partes. Não consigo definir a gratidão que tenho pela oportunidade que esta parceria me proporcionou, afinal, como já disse é incrível criar vínculos com os produtores desde a graduação. Conheci histórias maravilhosas, pessoas gratas pela nossa colaboração e muito dedicadas ao nos acolherem em suas próprias casas, e nada disso seria possível sem a oportunidade que Faviano, juntamente com Ruan e a Seadru possibilitaram para mim e outros alunos da UFERSA, além disso, como mulher, sou ainda mais grata por saber que o campo também é nosso lugar. Espero que o vínculo entre as duas instituições se fortaleça para agregar ainda mais conhecimento para nós alunos, e bons resultados para a própria Seadru, melhorando ainda mais a vida do fator mais importante dessa parceria, o homem do campo”, destacou.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...