Mossoró

Vereadores diplomados abrem mão de reajuste salarial

Pablo Aires e Tony Fernandes revelam que vão doar o valor para instituições que realizam trabalhos sociais

Os vereadores eleitos da próxima legislatura Pablo Aires (PSB) e Cabo Tony Fernandes (Solidariedade) anunciaram que não vão querer o reajuste de salário aprovado pelos atuais vereadores. Para Pablo e Tony, o momento de crise econômica causado pela pandemia da Covid não permite esse tipo de aumento.

Ambos ressaltaram que vão doar o valor referente ao reajuste para instituições sociais.

“Diante de votação que aprovou aumento salarial para vereadores de Mossoró a partir de 2022, decidi que abrirei mão do reajuste destinando o valor líquido mensal para entidades filantrópicas ou instituições públicas que prestam serviços essenciais à população (UBS, Hospitais, etc). Mesmo havendo previsão legal para o ato, minha decisão leva em consideração a recessão econômica, o desemprego, a crise sanitária e instabilidade social ocasionada pela pandemia que afeta o nosso país e o mundo”, informou Cabo Tony Fernandes em suas redes sociais.

Mensagem semelhante à postada por Pablo Aires. “Quero anunciar que abriremos mão do aumento e destinaremos esse valor para projetos sociais de Mossoró. A ideia é abrir editais e distribuir os valores mensalmente para vários trabalhos e organizações da nossa cidade que fazem trabalhos voltados às mais diversas áreas, como no esporte, na cultura, na ciência e pesquisa, ou mesmo na causa animal”, postou.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...