Em Mossoró

Vacinação segue incluindo novos grupos

Devido a quantidade insuficiente da Coronavac, idosos que precisam tomar a segunda dose, estão sendo selecionados por tempo de atraso

O Programa de vacinação contra a Covid-19, em Mossoró, está contemplando contempla a partir de hoje, 3, gestantes e puérperas com comorbidades. A imunização do novo grupo, assim como as pessoas com comorbidades diversas, está acontecendo nas unidades básicas de saúde (UBSs). Enquanto isso, a segunda dose da Coronavac e a imunização de pessoas com Síndrome de Down e com deficiências estão ocorrendo no ginásio do SESI, no bairro Doze Anos. 

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Morgana Dantas, devido a pouca quantidade de doses do imunizante do Butantan a vacinação hoje é toda destinada a atender idosos que tomaram a primeira dose nos dias 25, 26 e 27 de março. “Recebemos apenas 480 doses de Coronavac no final de semana para a segunda dose. Por isso serão imunizados apenas idosos de 60 anos ou mais que estão com 11, 10 ou 9 dias de atraso. Estamos vacinando conforme orientado pelo Ministério da Saúde e a Secretaria Estadual de Saúde”, explicou.

A mãe da economista Ana Luzia Gurgel conseguiu tomar a segunda dose da Coronavac. Para a felicidade da filha que estava preocupada com a perda do prazo. Ela elogiou a organização vista no ginásio do SESI: “Está muito organizado. Eu até esperei que ia passar o dia aqui na fila e em 40 minutos mamãe já tomou a segunda dose vacina”, disse Ana Luzia.

No último final de semana, a campanha Mossoró Vacina teve 11 unidades básicas de saúde abertas. Foram aplicadas 2.042 doses, a maioria em pessoas pertencentes ao grupo das comorbidades da faixa etária de 55 anos ou mais, ou seja, com diabetes, hipertensão, pneumopatias crônicas graves, doenças cardiovasculares, cerebrovascular e ainda, imunossuprimidos, anemia falciforme, obesidade mórbida e com doenças renais crônica.

Estas comorbidades se juntam aos dois primeiros grupos das pessoas com comorbidades que começaram a ser vacinados na semana passada com doses da vacina Astrazeneca/Oxford: pessoas com deficiência e também com Síndrome de Down.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...