Covid

Sete hospitais do RN estão com ocupação de leitos de UTI acima de 80%

Taxa geral em todo o Estado já superar os 60%, maior nível desde agosto

O Rio Grande do Norte já tem 117 pessoas internadas em leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) por causa da Covid-19. Esse número de pacientes em leitos Covid críticos faz com que no Estado, 7 dos 15 hospitais com unidades desse tipo, estejam com lotação superior a 80%. Além disso, em 3 deles, a taxa de ocupação é de 100%.

Os hospitais Cleodon Carlos de Andrade (em Pau dos Ferros), Hélio Morais Marinho (em Apodi) e Maternidade Infantil Integrada (em São Paulo do Potengi) não tem mais vagas em leitos de UTI para pacientes Covid.

Também preocupa as autoridades de saúde a situação do Hospital Giselda Trigueiro (Natal), com 92,3% de ocupação, São Luiz (em Mossoró), com 90%, Tarcísio Maia (também em Mossoró) com 89,9% e Hospital do Divino Amor (Natal), com 83.3%.

Chama a atenção a situação do Hospital São Luiz, que já tem 27 dos 30 leitos de UTI/Covid ocupados, e do Giselda Trigueiro, que tem 24 dos 26 leitos UTI Covid ocupados. O Tarcísio Maia tem hoje 9 leitos de UTI/Covid, sendo que 8 deles estão ocupados. A diretora do hospital, Herbênia Ferreira, aponta que não há como reverter as UTI´s gerais em UTI´s para pacientes Covid porque todas elas estão ocupadas.

Por região, a situação mais preocupante é do Oeste, com 83.1% de taxa de ocupação de leitos UTI. Em seguida aparece a região metropolitana de Natal, com 54%. Em todo o Estado, a taxa geral de ocupação de leitos de UTI para pacientes Covid é de 62%, maior nível desde agosto passado. Em todo o Rio Grande do Norte, dos 188 leitos críticos Covid instalados, há apenas 71 disponíveis.

Se a doença continuar a avançar na velocidade que tem se registrado até agora nessa possível segunda onda, logo faltará vagas em todas as regiões. Os dados são desta sexta-feira, 4/12, da plataforma Regula RN.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...