Protesto

Servidores protestam contra título de ‘persona non grata’ para sindicalista

Na Câmara Municipal, os manifestantes protestaram contra o título de "persona non grata" (pessoa não agradável) aprovada pelos vereadores a presidente do sindicato.

A manhã desta quinta-feira (28) foi marcado por um ato de protesto e solidariedade dos servidores públicos municipais de Mossoró à presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindiserpum), Marleide Cunha.

Na Câmara Municipal, os manifestantes protestaram contra o título de “persona non grata” (pessoa não agradável) aprovada pelos vereadores a presidente do sindicato. Eles usaram camisas com as frases “ninguém solta a mão de Marleide” e “também sou persona non grata”.

O vearador Gilberto Diógenes, que havia indicado o nome de Marleide para receber a medalha Celina Guimarães, homenageou então, Neide (do MST) e Zezinha Fernandes.

O título para sindicalista foi proposto pelo vereador Flávio Tácio (PPL), e aprovada pela Câmara na última quarta-feira (20).

Notícias semelhantes