Alto do Rodrigues

Secretaria de Saúde é acusada de furar fila de vacinação

Órgão teria substituído nomes de profissionais da Saúde por pessoas que não integram lista de prioridades

Surge mais uma denúncia de furo na fila de vacinação contra a Covid no Rio Grande do Norte. Desta feita, a acusação recai justamente contra quem deveria dar o exemplo.

De acordo com denúncia feita ao Portal do RN, a Secretaria Municipal de Saúde de Alto do Rodrigues teria substituído profissionais da saúde por pessoas que não integram, nesse momento da campanha de imunização, nenhum grupo prioritário.

De acordo com uma profissional de saúde ouvida pelo Portal do RN e que não quis ter sua identidade revelada, ninguém da clínica onde ela trabalha foi vacinado até agora. “O pior disso tudo é que nossos nomes foram substituídos por pessoas que não são de nenhum grupo de prioridades”, denuncia a profissional.

O Portal do RN contactou o secretário municipal de Saúde de Alto do Rodrigues, Antônio Flávio Silva de Souza, que negou as denúncias. Segundo ele, a secretaria sob sua responsabilidade vem seguindo todas as recomendações técnicas da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap/RN).

“Eu também fiquei curioso em saber sobre a denúncia. Estamos seguindo o protocolo de imunização da Secretaria Estadual em relação às prioridades, e se algum funcionário descumpriu as determinações serei, enquanto gestor que estou, o primeiro a buscar que sejam penalizados”, declarou Antônio Flávio em mensagens escritas. A reportagem ligou para o secretário pela manhã, mas ele não pode atender à ligação.

Insistimos com Antônio Flávio que as denúncias recaíam sobre a própria secretaria. “Realmente é muito grave, por favor orienta o denunciante ir ao Ministério Público. Eu preciso saber quem autorizou e quem trocou esses nomes. Vou iniciar imediatamente uma sindicância baseada na nossa conversa e penalizar os possíveis culpados. Seja quem for”, garantiu o secretário.

A reportagem do Portal do RN também solicitou do secretário a lista das pessoas vacinadas no município até agora, mas Antônio Flávio não nos cedeu.

Contactamos a Sesap sobre a vacinação dos profissionais da saúde. O órgão informou que todos esses trabalhadores que atuarem na linha de frente de combate ao Covid já deveriam ter recebido pelo menos a primeira dose do imunizante.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...