Projeto

Reforma da Cobal de Mossoró está sendo planejada

Equipes de várias secretarias realizaram visita na manhã de hoje na unidade local para avaliar necessidades

A estrutura física da Central de Abastecimento Prefeito Raimundo Soares (COBAL), deverá passar por reforma em toda a sua estrutura física. Na manhã de hoje, 26, equipes da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo (SEDAT) e Secretaria de Infraestrutura, Meio Ambiente, Urbanismo e Serviços Urbanos (SEIMURB) realizam visita técnica na unidade para avaliar as necessidades.

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação (ASSECOM), neste primeiro momento, as equipes conferiram as condições de estrutura da Cobal para que a partir daí seja elaborado o projeto. “O objetivo da nossa visita é fazer um levantamento inicial para a reforma que iremos fazer aqui. Estamos com a equipe de arquitetos e engenheiros observando a estrutura com objetivo de traçar as melhorias físicas e de layout”, destacou Franklin Filgueira, secretário municipal de Desenvolvimento Econômico.

Nesta fase, ainda foram identificadas áreas que necessitam de melhorias no que diz respeito ao fluxo de permissionários, clientes e mercadorias. “A nossa pretensão é desenvolver um projeto que abranja todos esses problemas verificados para que possamos tornar o equipamento mais viável para a comunidade”, acrescentou Franklin Filgueira.

Brenno Queiroga, secretário municipal de Infraestrutura também visitou a Cobal na manhã desta sexta-feira. “Aqui é onde está a turma que produz, gera emprego e renda, alimenta Mossoró. É um ponto crucial, onde o prefeito pediu prioridade máxima. Nós estamos com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico para elaborar o melhor projeto possível, escutando os permissionários, população, escutando o sentimento de quem aqui trabalha. O objetivo é funcionar dentro dos padrões atuais, inclusive sanitários”, explicou.

A reforma na Cobal é vista com bons olhos pelos comerciantes que aguardam ansiosos pela obra. “A Cobal hoje precisa de uma grande reforma. Na minha opinião, é preciso melhorar as condições dos banheiros, estacionamento, entradas. Passamos por certos constrangimentos, pois muitos espaços precisam de manutenções. Estou há três anos aqui e ainda não foi feito nada. A obra é importante para atrair os clientes de volta”, disse o comerciante Pedro Moreira.

Ubiraci Martins possui comércio de especiarias, trabalha há três anos na Cobal e também aprova uma reforma no equipamento. “A Cobal está precisando de reforma há muito tempo. Eu acredito que com a reforma irá chamar atenção de muitas pessoas. Vai melhorar porque atrairá gente de fora, melhorando muitas coisas”, contou o comerciante.

Além da Cobal, o poder público municipal ainda planeja obras para o Mercado Público Central. “No Mercado Central também faremos o mesmo trabalho de levantamento para encaminhar a reforma que irá se concentrar na parte estrutural, num equipamento que possui um valor histórico para a cidade. Iremos fazer esses levantamentos e em seguida licitar para executar essas duas obras”, concluiu o secretário.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...