SEIMURB

Projeto contribui para despoluição do rio Mossoró

Um levantamento está sendo feito para identificar ligações de esgotos clandestinas direcionadas ao rio

Despoluição do Rio Mossoró-Apodi. Um tema antigo para um problema sempre presente na vida dos mossoroenses. Vários projetos com promessa de despoluição já foram apresentados por outras gestões municipais e, mesmo com vários diagnósticos sobre as causas da poluição, até então nada foi feito de concreto para mudar o cenário de abandono do rio que, mesmo sem o cuidado devido, é um dos mais importantes cartões postais da segunda maior cidade do Rio Grande do Norte.

Porém, um trabalho que vem sendo executado pela Secretaria Municipal de Infraestrutura, Meio Ambiente, Urbanismo e Serviços Urbanos (SEIMURB), poderá atender a uma reivindicação antiga dos mossoroenses. É que desde a semana passada, equipes da SEIMUB estão fazendo a retirada de lixo e aguapés das margens do Rio Mossoró-Apodi.

E segundo informações da SEIMURB, o trabalho não irá se restringir apenas a retirada de lixo e de aguapés e sim a uma investigação para detectar as ligações de esgotos clandestinos que são jogados no rio. De acordo com A SEIMURB, esse levantamento tem como objetivo, identificar esses locais e fazer a ligação dessas instalações irregulares para a rede de tratamento da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN). 

O secretário Breno Queiroga, titular da SEIMURB, ressalta a importância do trabalho que vem sendo executado no rio Mossoró-Apodi e detalha que a limpeza, foi iniciada na quarta-feira, 7, entre as Pontes Castelo Branco e Jerônimo Rosado, no Centro da cidade. Desde o início dos trabalhos, equipes da SEIMURB estão realizando ações manuais e com a utilização de máquinas e barco, estão fazendo a retirada da vegetação superficial e do lixo. “O rio Mossoró tem um problema muito sério que é o lançamento de esgoto. Os aguapés que crescem, piora a condição de oxigênio da água, pois impede a entrada de luz. Estamos realizando a retirada dessa vegetação. O projeto, ou se estende a outras ações que visam a recuperação do rio”, adiantou. 

O secretário ressaltou ainda a extensão do trabalho a identificação de redes clandestinas de esgotos. “Nós estamos mapeando toda a rede indevida de esgoto que chega até o rio. Condensamos todo recurso da Secretaria de Saneamento para ligar as casas na rede de esgoto existente. Mossoró tem muita rede de esgoto passando nas ruas, que as casas não estão ligadas. Nosso principal objetivo é fazer a ligação dessas casas na rede de esgoto, para que evite a chegada no rio”, explicou Brenno Queiroga.

No sábado, 10, o prefeito Allyson Bezerra esteve acompanhando os serviços de limpeza no rio Mossoró e falou da importância de despoluir o rio e investir na arborização. “São diversas ações que a secretaria está realizando. São técnicos, especialistas trabalhando para que possamos dar ao mossoroense o rio Mossoró limpo, arborizado, um local digno para que toda a população de Mossoró tenha prazer de visitar”, declarou Allyson.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...