Mossoró

Professores municipais também só voltam presencialmente após vacinação

Para profissionais da educação, momento atua da pandemia não permite retorno sem que haja imunização

Os professores da rede municipal de ensino de Mossoró decidiram, em assembleia realizada na tarde de sexta-feira, 9/4, que somente retomarão as aulas presenciais após os profissionais da educação serem vacinados.

No encontro virtual promovido pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM), os docentes lembraram das dificuldades que tem encontrado para ministrar aulas de forma remota, mas pontuaram que é a única possibilidade de se ofertar ensino com segurança nesse tempo de pandemia.

Presidente do sindicato, a professora Marleide Cunha ressaltou que o país vive o pior momento da pandemia e que é desumano exigir um retorno nas atuais circunstâncias. “O retorno às aulas sem a vacinação é por em risco muitas vidas”, destacou.

Ela ressalta que o entendimento dos profissionais da educação é de que o momento atual não oferece condições mínimas para a retomada das aulas presenciais. “Não há a mínima condição de retorno das aulas na modalidade presencial na atual situação da pandemia, que a cada dia se agrava ainda mais. Após a vacinação de todos os profissionais da educação, sim, será possível planejar, organizar e executar um retorno”, frisou.

Marleide, que também é vereadora e Mossoró, afirmou que está solicitando, por meio de requerimento de urgência especial a inclusão dos professores e profissionais da educação no grupo prioritário da vacinação. “Espero que os nobres colegas vereadores aprovem tal urgência”, finalizou.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...