Chuva

Previsões iniciais apontam para inverno precoce em Mossoró

Essa precipitação é um prenúncio de um bom período chuvoso na segunda maior cidade do Rio Grande do Norte.

As previsões iniciais indicam um período chuvoso precoce em Mossoró. A chuva de pouco mais de 15 milímetros ocorrida na tarde da última sexta-feira (3) surpreendeu o mossoroense por uma precipitação tão cedo. De acordo com o professor formado na área de Ciências Exatas e Naturais, Alciomar Lopes, essa precipitação é um prenúncio de um bom período chuvoso na segunda maior cidade do Rio Grande do Norte.

O professor, lotado na Secretaria Municipal de Agricultura e Desenvolvimento Rural (SEADRU), explicou que passou a verificar nos últimos meses o fenômeno conhecido com La Niña.

“A gente já vinha fazendo o estudo desde setembro, início da primavera, e acompanhando a climatologia passamos a verificar que estava para acontecer o fenômeno chamado La Niña. Chegamos à conclusão agora no último estudo que estamos com um La Niña moderado com 50% de possibilidade e isso é muito bom para a nossa região que já está começando a provocar as precipitações”, disse o professor.

Alciomar Lopes destaca que chegou a essa previsão de inverno precoce no município por conta da temperatura do oceano Pacífico equatorial que começou a esfriar. “Quando começa a esfriar no Pacífico é um bom sinal para a nossa região, pois a temperatura do nosso oceano Atlântico é quente”, disse.

O professor salienta ainda que a massa de ar vinda do oceano Pacífico está descendo para a região. A medida provoca um aumento de umidade relativa de ar. “Ela se transforma em nuvens e isso vem acontecendo desde outubro, novembro. Verificamos neste período o aumento de nuvens”, frisou.

Alciomar Lopes também destaca que nos próximos dias devem ocorrer chuvas no município e que este fenômeno deve somente se encerrar em fevereiro do próximo ano e que logo em seguida outro virá, no início do outono.

“Temos outras previsões para os próximos dias. Devem acontecer algumas chuvas isoladas e as previsões que temos, a princípio, é um inverno precoce que esse fenômeno vai se estender até o mês de fevereiro. Mas, já tem outro estudo preliminar indicando que o La Niña poderá se intensificar em março, quando começa o outono. Estamos muito otimistas”, disse.

“Até mesmo já conversei com o pessoal do Semear aqui da Secretaria de Agricultura, que é o do corte de terra, para que o agricultor mossoroense comece logo a agir para que a gente não perca esse período chuvoso que acredito ser muito bom”, concluiu.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support