Baraúna

Prefeita não paga reajuste e ainda retira benefícios de servidores

Gestão cortou a regência de classe, o pagamento do terço do piso e o auxílio deslocamento

A prefeita Lúcia Nascimento (PL), de Baraúna, ainda não sancionou o reajuste salarial do funcionalismo público municipal. Apesar de ter proposto percentuais de 7% para os servidores gerais e 5% para os professores, a chefe do Executivo ainda não pagou os novos valores.

Mesmo tendo proposto o reajuste, a prefeita o vetou. O veto, no entanto, foi derrubado por unanimidade pelos vereadores em sessão realizada no início desse mês. Além de não pagar o reajuste, a prefeita Lúcia Nascimento retirou alguns benefícios da folha de pagamento dos trabalhadores da educação.

De acordo com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Baraúna (SINDISERB) a gestão municipal cortou a regência de classe, o pagamento do terço do piso e o auxílio deslocamento.

A reportagem do Portal do RN tentou um contato com a prefeita Lúcia Nascimento, mas o telefone dela estava desligado. Até o fechamento desta matéria (16h25), ela não havia retornado a ligação.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support