Operação KHIZI

PF desarticula grupo que comercializava madeira ilegalmente no RN e em outros 5 estados

A Operação KHIZI cumpre 29 mandados de busca e apreensão, 8 de prisão preventiva e 9 mandados de prisão temporária.



A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (3) uma ação contra uma organização criminosa que realiza o comércio ilegal de madeira, com atuação no Rio Grande do Norte e em outros cinco estados. A Operação KHIZI cumpre 29 mandados de busca e apreensão, 8 de prisão preventiva e 9 mandados de prisão temporária.

Os mandados são cumpridos em quatro estados: Bahia, Piauí, Pará e Maranhão.

Segundo a PF, a investigação foi iniciada em 2017, quando houve a suspeita de que empresários do setor madeireiro e servidores públicos da Secretaria de Fazenda (Sefaz) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibam) criaram uma rede para permitir o comércio e o transporte interestadual de madeira sem comprovação de origem.

Segundo a investigação, o transporte e comercialização ilícitos era lastreado em Documentos de Origem Florestal inidôneos e em notas fiscais produzidas com informações falsas sobre quantidade, espécie e valor da mercadoria. A organização criminosa tinha atuação nos estados da Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Piauí e Rio Grande do Norte.

Notícias semelhantes