144º Homicídio

Pedreiro é morto supostamente por engano no bairro Belo Horizonte

A Polícia Civil que esteve no local do crime colhendo informações e acredita que o jovem tenha sido morto por engano. Ele teria sido confundido com algum desafeto dos atiradores.

A cidade de Mossoró registra na noite desta sexta-feira, 21, mais uma morte violenta provocada por disparos de arma de fogo, a segunda do dia.

O crime aconteceu por volta das 18h30, na Rua Frei Bernardo nas proximidades da Praça Vilma Maia no bairro Belo Horizonte. A vítima, o pedreiro Elias Nogueira de Andrade de 24 anos, foi assassinado com sete tiros de pistola calibre 380. Segundo informações da PM, o jovem estava sentado na calçada da residência de um amigo conversando quando foi surpreendido por dois homens, que chegaram em uma motocicleta.Um deles desceu do veículo se aproximou e efetuou os disparos.

O jovem ainda tentou correr, mas foi atingido com a maioria dos disparos nas costas morrendo na área da casa. Os criminosos fugiram após matarem o jovem, que segundo testemunhas, era evangélico e não tinha nenhum envolvimento com ilícitos.

A Polícia Civil que esteve no local do crime colhendo informações e acredita que o jovem tenha sido morto por engano. Ele teria sido confundido com algum desafeto dos atiradores.

Após os trabalhos no local do crime, realizados pela equipe do ITEP, o corpo do pedreiro foi removido para o setor de medicina legal do órgão, na qual será submetido a exame de necropsia e depois será liberado para a família providenciar o sepultamento.

Fim da Linha

Notícias semelhantes