Tragédia

Pai, mãe e filha morrem de Covid-19 em um intervalo de duas semanas no RN

Francisco Canindé, Maria Francisca e Katiane eram moradores da Zona Norte da capital

Três pessoas da mesma família morreram de covid-19: pai, mãe e filha. A professora Francisca Katiane do Nascimento, de 37 anos, morreu na noite de ontem (5) após 10 dias internada em um hospital particular de Natal.

Katiane apresentou os sintomas da doença no dia 25 de junho e deu entrada na unidade após sentir dores no corpo e dificuldades para respirar. A professora, que não tinha nenhuma comorbidade, foi internada dois dias depois da morte do pai e faleceu sem saber da morte da mãe.

A professora vivia no bairro de Pajuçara, Zona Norte da cidade, com o pai, Francisco Canindé Nunes do Nascimento, e a mãe, Maria Francisca Nunes do Nascimento. Os três morreram com o novo coronavírus em um intervalo de duas semanas.

Francisco Canindé tinha 60 anos e trabalhava como motorista. Ele era conhecido por ser uma pessoa religiosa, responsável por organizar romarias pelos santuários do Rio Grande do Norte. Canindé foi a óbito no dia 23 de junho, apenas dois dias depois de apresentar sintomas da Covid-19.

Maria Francisca tinha 59 anos e assim como a filha Katiane, também era professora. Ela morreu no dia 26 de junho, cinco dias depois de ter sido internada em um hospital de Natal.

O Rio Grande do Norte tem 34.983 casos confirmados de Covid-19 e 1.246 mortes causadas pela doença. Os dados são da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) e foram divulgados na entrevista coletiva desta segunda-feira (6).

*Com informações do G1 RN

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...