Pandemia

Número de hospitais com UTIs lotadas cai mais uma vez

Estado voltou a zerar a fila de pacientes à espera de um leito crítico

O Rio Grande do Norte segue com melhoria nos indicadores epidemiológicos relacionados à pandemia da covid-19. A taxa de ocupação de leitos críticos, por exemplo, está abaixo de 70% (66,91%). 

Por região, a situação preocupante é a do Oeste, que tem índice de ocupação de 92,2%. Além disso, o Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM) e o Hospital da Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer (LMECC), ambos em Mossoró, estão com suas UTI´s ocupadas, enquanto que no Hospital São Luiz a taxa é de 96%. Nas demais regiões, o clima é mais ameno. Na região metropolitana de Natal, a taxa é de 64%, enquanto que no Seridó, é de 57,5%.

Um dado que vem sendo comemorado pelas autoridades é a redução no número de hospitais cujas UTI´s para paciente covid estão totalmente lotadas. Atualmente, são 7 unidades hospitalares nessa condição: Hospital Central Coronel Pedro Germano (Natal), Hospital da Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer (Mossoró), Hospital Maternidade do Divino Amor (Parnamirim), Hospital Regional Cleodon Carlos de Andrade (Pau dos Ferros), Hospital Regional Tarcísio Maia (Mossoró), Hospital Regional Lindolfo Gomes Vidal (Santo Antônio), e Hospital Universitário Onofre Lopes (Natal).

Outro indicador importante que aponta para recrudescimento da pandemia no Estado é que a lista de espera por leitos críticos está zerada mais uma vez. O Rio Grande do Norte amanheceu o dia com 112 leitos de UTI disponíveis. Já a oferta de leitos clínicos é ainda maior: são 224 unidades disponíveis, de um total de 421 em condições de receber pacientes (taxa de ocupação de 45,5%).

Na rede privada, o cenário também é animador, com queda no número de pessoas internadas em leitos críticos. Ontem, por exemplo, o Hospital Wilson Rosado, em Mossoró, zerou a sua UTI para pacientes covid.

Dados

O RN tem 336.805 casos confirmados de covid, além de157.547 pessoas com suspeita de contaminação pelo novo coronavírus. O número de pessoas que foi a óbito por causa da doença é de 6.732.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...