Educação Física

MPRN recomenda que profissionais devem aguardar mais tempo por vacina

Até este início de fevereiro, 8.323 doses foram distribuídas

O Plano Municipal de Vacinação contra a Covid-19 segue com a entrega de doses às salas de vacina de Mossoró que atendem aos profissionais de saúde. Todos os profissionais da linha de frente ao Novo Coronavírus já foram vacinados na capital do oeste e com o reforço da remessa recebida na segunda quinzena de janeiro, por meio de 4.100 doses da vacina de Oxford e 352 doses da Coronavac, foi possível prosseguir o plano.

Até este início de fevereiro, 8.323 doses foram distribuídas, ficando poucas remanescentes. Estas, se ainda estiverem disponíveis até sexta-feia, dia 05, serão destinadas à vacinação dos idosos acima de 75 anos acamados. Não existe, até o momento, nenhuma norma técnica oficial por parte da Secretaria Estadual de Saúde Pública (SESAP/RN) obrigando à inclusão deste público, uma vez que, é público e notório o baixo quantitativo de doses para atender a referida demanda.

A Secretaria de Saúde de Mossoró, afirma que o ideal é ter um número de vacinas condizente à necessidade para a real cobertura vacinal do gripo dos idosos. A chegada de uma nova remessa de vacinas para a vacinação possibilita a ampliação da cobertura que, possivelmente, ainda deverá ficar restrita aos grupos considerados prioritários, entre os quais, faz parte, por exemplo, o grupo dos idosos acima de 75 anos. Vale ressaltar que 80 idosos institucionalizados já foram contemplados com a primeira dose da vacina, atingindo a meta dos 100% preconizada pelo Ministério da Saúde.

A titular da pasta, Morgana Dantas, confirma que o município aceita recomendações avaliando-as cuidadosamente e que vai construir a partir desta quarta-feira, um alinhamento envolvendo além da própria secretaria, a Procuradoria Geral do Município e o Ministério Público do Rio Grande do Norte.

Por recomendação do Ministério Público Estadual, os profissionais de educação física, terão que aguardar mais tempo para serem atendidos pela campanha de vacinação contra a Covid-19. Embora, este tipo de profissional tenha sido colocado no centro de uma polêmica recente, sobre se devem ou não ser vacinados, a Secretaria Municipal de Saúde, reforça que eles fazem parte de categorias que são considerados nacionalmente como sendo da área da saúde.

“Este enquadramento, não é definido pelo município de Mossoró”, disse o Chefe de Imunizações do município, Etevaldo Lima. Ele afirma ainda que as doses remanescentes seriam poucas até mesmo para atender os educadores físicos, sendo necessário a adoção de um critério básico: Seria vacinado aquele educador físico que comprovadamente trabalha em instituição que atende pessoas em trabalho de reabilitação, incluindo pacientes idosos, que têm nas atividades físicas monitoradas por estes profissionais uma chance de melhora da saúde e da qualidade de vida.

Secom/PMM

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...