Dados

Mortes por Covid-19 em julho representam 42% do total no RN

Apesar de ter registrado dias com baixa média diária de mortes, mês foi o que teve o maior número de óbitos pela doença

O Rio Grande do Norte ainda tem bons indicadores epidemiológicos da pandemia da Covid-19, como baixa taxa de ocupação de leitos, queda no número de pessoas internadas e baixa taxa de transmissibilidade em algumas regiões.

Os indicadores positivos começaram a se estabelecer no mês passado. Apesar disso, julho foi o mês com o maior número de pessoas mortas por complicações da doença. Foram nada menos que 743, o que representa 41,81% do total de 1.777 registradas até sexta-feira passada, 31/7. O número revela uma média diária de mortes por Covid-19 de 23,96%.

As estatísticas apontam que o Estado, que vinha com uma redução de mortes diárias pela doença, está agora num cenário de estabilidade com os novos registros de óbitos estarem em 13%. Foi em julho que as mortes diárias chegaram, em alguns dias, aos menores percentuais.

O RN tem, até agora, 1.885 óbitos por Covid-19, sendo que 6 ocorridos de sábado para domingo e 2 de ontem para hoje. O número de casos confirmados é de 51.707. Há ainda 62.896 pessoas com suspeita de infecção. Já foram descartadas (testes negativos) 81.856 notificações. Atualmente, o Estado tem 22.901 pessoas recuperadas da doença.

As mortes por Covid-19 foram registradas em 119 diferentes municípios potiguares. No Rio Grande do Norte, a taxa é de 57.62 óbitos para cada 100 mil habitantes.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...