Arte e terapia

Hospital psiquiátrico recebe atividade cultural

A poesia de cordel do artista mossoroense Antônio Francisco foi a atração da programação de hoje, 21

A poesia do cordelista mossoroense Antônio Francisco se fez presente em uma atividade lúdica realizada na manhã de hoje, 21, no Hospital Psiquiátrico Dr. Milton Marques de Melo. A iniciativa partiu da direção da unidade com o apoio da Prefeitura de Mossoró e da Secretaria municipal de Saúde.

Os pacientes ouviram o poeta Antônio Francisco recitar algumas das suas obras e de forma participativa também participaram de uma pequena encenação teatral com temas baseados em superação, sobrevivência, amizade e natureza.

O poeta afirmou que estava feliz em participar da atividade e por poder sair de casa para exercitar a sua arte. “É uma enorme felicidade ter sido convidado para essa atividade na unidade psiquiátrica. Eu sei que a arte pode ser uma terapia para os pacientes, assim como é uma terapia para mim também, que não estava tendo a oportunidade de participar de eventos devido a pandemia. Então é só alegria voltar a recitar minhas poesias para o público”, disse Antônio Francisco.

Eliabe Gomes, diretor do hospital, disse que a ideia é trabalhar a humanização do tratamento e oferecer aos pacientes um contato com a leitura e as artes. “Essa atividade tira aquela ideia de que o hospital psiquiátrico é só medicação e internação. A arteterapia, a música, a pintura e a leitura, são terapêuticas importantes que complmentam o tratamento dos pacientes e elevam o bem estar”, disse o diretor.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...