Há 32 anos Mossoró ganhava sua primeira rádio FM

Foi no dia 18 de maio de 1988, que Mossoró ganhava sua primeira emissora de rádio de frequência modulada. Foi pelas mãos do padre Sátiro, através da Fundação Sócio Educativa do RN (Funsern), que o mossoroense pode ouvir uma rádio com uma qualidade de som que jamais tinha ouvido ainda na cidade. Assim nasceu a Educativa Santa Clara FM, 105,1 mhz. Poderia ter sido uma TV, como foi oferecida a concessão a Funsern, mas sabendo que teria que manter o veículo no ar e com uma proposta de educar, o que teria um custo alto, padre Sátiro preferiu a rádio, e como tudo que faz é com amor, a Santa Clara FM tem recebido nesses 32 anos toda a sua dedicação e afeto para continuar semeando o bem.


EDUCAR

Tudo que o padre Sátiro sempre fez foi evangelizar e educar. A rádio 105 nesses 32 anos tem buscado contribuir na educação dos cidadãos, seja traves da música ou dos seus programas. Ufersa, OAB, Uern, tem espaços na programação da 105, dentro da sua proposta de informar e educar.

RELIGIOSA

Mesmo com a direção de um padre, a rádio 105 FM abre espaços para os mais diversos segmentos religiosos da cidade. Seja na divulgação de um evento ou mesmo na execução de músicas de outras religiões, não fazendo nenhum tipo de objeção.  É tanto que é comum tocar músicas de cantores evangélicos, o que dificilmente acontece numa rádio evangélica.

QUALIDADE MUSICAL

A rádio segue uma linha musical bem diferente das outras emissoras da cidade. Grandes clássicos e hits atuais são executados em seus programas, sendo que nada de musicas apelativas. A emissora conta com um noticiário nacional, mas ao longo da programação são exibidos blocos de noticias locais.

PROGRAMAS

Ao longo desses 32 anos, alguns programas viraram marcas fortes da emissora e de grande destaque na cidade. Às 18 horas, o programa Reflexão, apresentado pelo padre Sátiro, virou uma mania dos mais religiosos, como também o programa dominical “Paz e Bem”, com Lucia Gurgel. Na faixa do meio dia, enquanto a maioria das emissoras locais bota no “cardápio” a política, a 105 apresenta o Flashback 105, os grandes clássicos da música.

A “MANHÔ DA 105

O chamado horário nobre do rádio, hoje é feito por Collins Aquino, das 7h às 9h, e o nosso programa (Programa Gilson Cardoso) das 9h ao meio dia.  Com um bom tempo no rádio, o nosso nome e o do Collins tem somado na audiência da emissora e tornando-a mais popular ainda.

BARBARA TAVARES

Impossível alguém ouvir rádio no período da tarde em Mossoró, e não identificar a voz da comunicadora Barbara Tavares. Com seu estilo próprio, Barbara é “cria” da casa e consolidada na audiência por sua empatia com o próprio público da emissora.

NOMES

Qualquer nome que venha ser esquecido agora é culpa do colunista, que, aliás, faz essa coluna de uma “sentada” só. Digo ate que psicografo. Vamos lá então: Wellington Lopes, Décio Neves, Dani Costa, Michele Fonseca, Pedro Canizio, Jean Fernandes, Jaedson Freitas, Fábio Oliveira, Nivaldo Oiveira, Clara Jordana, e os irmãos de saudosa memória, Emery Costa e Every Costa. Emery inclusive foi a primeira voz a se ouvir na 105.

GILSON CARDOSO E 105

Tenho uma história na 105 bem pessoal. 1989 a emissora fez um concurso para escolher o seu mais novo locutor da manhã. Sendo eu, apaixonado por rádio, como sou até hoje, fui lá fazer. No meio de tantas feras e ate locutores experientes da cidade, terminei nem passando de fase, sendo logo eliminado de largada. O vencedor deste concurso foi Jean Fernandes, que foi lançado na FM 105, e se tornou um dos maiores locutores de rádio RN. Hoje ele é da 95 de Natal. Mas quis o nosso Deus que eu realizasse meu sonho de fazer parte da 105, e assim cheguei por lá 29 anos depois.

FIGURAS MARCANTES

Ênio Ticiano, é a própria imagem da 105 pelo tempo que lá está, ou seja, desde a fundação. A voz de Dantas Junior, aos domingos no Show de Bola, já proporcionou debates calorosos ao publico ao longo desses anos. Nivaldo Amaral, com sua parte religiosa, tem dado sua parcela de contribuição. Walber, Lúcia Alves, Zé, Telma e o comando de Lucinha Gurgel. Seja apresentador ou não, o que não falta na 105 é amor e carinho de todos.

MANCINI

O apresentador do programa Show 93, da Resistência FM, Wilson Mancini, deixou a emissora no fim de semana que passou. A direção da rádio já busca um novo nome para o horário. Quem também saiu da 93 recentemente, foi o Carlos Cavalcanti. Com essas saídas, é bem provável que a emissora mude alguma coisa na sua programação matinal.

GEORGE WAGNER

Se vivo estivesse, o nosso querido George  Wagner teria feito no dia 17 de maio, 56 anos de idade.  Vários amigos e familiares registraram a data em suas redes sociais. George era um ser humano querido e admirado por todos, não só pelo seu talento no rádio, mas pela pessoa que era.

GRUPO DE AMIGOS

Em tempos de isolamento social e, alguns, com mais tempo para prosear, foi criado um grupo de Zap só com profissionais que passaram pela rádio Difusora. Eu estive na emissora por 5 anos, apresentando programa Gilson Cardoso na manhã. Neste grupo estão figuras como Evaristo Nogueira, Carlos Augusto, Jota Régis, Ciro Robson, Silvio Filho e outros que são do nosso convívio aqui em Mossoró. Citei somente estes nomes, porque hoje moram fora da cidade.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...