Protesto

Greve dos bancários do Banco do Brasil não atingirá agências de Mossoró      

Unidades locais funcionarão normalmente amanhã, apesar da paralisação nacional

Funcionários do Banco do Brasil de todo o país paralisarão suas atividades por um dia nesta sexta-feira, 29/1. Apesar de ser uma greve nacional, o movimento paredista não atingirá as agências de Mossoró, que funcionarão normalmente amanhã.

De acordo com Assis Neto, da direção do Sindicato dos Bancários de Mossoró e Região, a Confederação Nacional dos Trabalhadores Bancários não repassou a orientações em tempo hábil para que pudesse ser feita a mobilização da categoria.

Essa é a segunda vez esse ano que os trabalhadores das agências do Banco do Brasil realizam protestos contra o sucateamento da instituição que vem sendo posto em prática pelo Governo Federal.

O ato nacional desta sexta-feira constará de paralisação das atividades, mobilizações e o esclarecimento da população sobre os riscos desse sucateamento.

Para a confederação dos bancários, o processo de desmonte do BB não se justifica, tendo em vista que o banco sempre figura como um dos mais lucrativos do Brasil. Somente nos três primeiros trimestres de 2019, o banco lucrou mais de R$ 10 bilhões, com a exploração de clientes e bancários.

A proposta de redução da presença e atuação do Banco do Brasil terá reflexos muito forte nos municípios. Mossoró, por exemplo, perderá a agência Santa Luzia, que fica instalada ao lado do Hotel Villa Oeste, na Ilha de Santa Luzia. A unidade deve fechar suas portas de forma definitiva a partir de amanhã.

Segundo Assis Neto, Confederações de trabalhadores bancários, governos dos Estados e prefeituras tentam reverter esses fechamentos, mas a presidência do banco não recua.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...