Educação

Estudante do RN é medalhista de ouro na Olimpíada de Língua Portuguesa

Realizada anualmente, a olimpíada trata-se de um concurso nacional de produção de textos

O estudante Davi Henrique Teófilo de Azevedo Lima, aluno da Escola Estadual Natália Fonseca, localizada no município de Bom Jesus (RN), 4ª Direc, foi medalhista de ouro na 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa – Escrevendo o Futuro, concurso nacional que envolve alunos de escolas públicas de todos os estados brasileiros, cuja fase final aconteceu no último final de semana, em São Paulo.

Realizada anualmente, a olimpíada trata-se de um concurso nacional de produção de textos. Nesta edição, o tema para a produção dos candidatos foi “O lugar onde vivo”, por meio do qual os estudantes desenvolveram trabalhos distribuídos em seis categorias: Poema, Memórias Literárias, Crônica, Documentário, e por último Artigo de Opinião.

Davi Henrique, 11 anos, foi vencedor na categoria Poema, concorrendo com 28 finalistas oriundos de diversos estados do país. Como premiação, além da medalha de ouro o aluno ganhará uma viagem para um estado brasileiro, que será indicado pela organização da olimpíada.

“Nos dez de galopes lá no meu lugar”

A partir do tema proposto pela olimpíada, Davi elaborou “Nos dez de galopes lá no meu lugar”, poema no qual o aluno narra as particularidades do município de Bom Jesus, destacando seus aspectos culturais em uma descrição carinhosamente nordestina do lugar.

“O poema ‘Nos dez de galopes lá no meu lugar’ fala sobre a minha cidade de Bom Jesus, sobre a miscigenação, sobre a religiosidade da cidade, fala sobre as culturas, sobre a feira e tudo um pouco”, destaca o estudante, que atualmente está cursando o 5º ano do ensino fundamental.

Segundo o estudante, que declama poemas desde os quatro anos de idade, a participação na olimpíada foi uma oportunidade para expandir sua visão de mundo enquanto jovem poeta, além de ser uma experiência única.

“Concorrer com alunos de todo Brasil e na cidade de São Paulo foi uma sensação enorme de nervosismo e alegria! Eu escrevi primeiro porque era o tema da olimpíada, mas eu gostei bastante porque eu nunca havia escrito nada sobre a minha cidade, Bom Jesus. Então, para mim, a olimpíada foi um incentivo porque foi o primeiro poema que eu escrevi sobre a minha amada cidade”, avalia o aluno.

Avaliação

Para o professor João Soares Lopes, responsável por orientar o estudante Davi Henrique, a conquista de ouro do aluno trata-se de um ganho coletivo, que representa o Estado. “Davi Lima é um talento na poesia. Essa vitória é importante para o RN, pois mostra que o nosso Estado tem alunos incríveis, que estão em nossas salas de aula. Fazer com entusiasmo e alegria a nobre missão de educar é uma forma de alcançar bons resultados”, enfatiza o professor.

Para o coordenador estadual da Olimpíada, Afonso Gomes, a conquista positiva do aluno é resultado do esforço dedicado pelos professores e alunos potiguares ao longo do ano. “Estamos muito felizes pelos resultados alcançados por nossos estudantes e professores, principalmente pelo potencial que esse desempenho tem de inspirar e mobilizar os educadores”, relata Afonso, que é subcoordenador de avaliação escolar da Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte do Lazer (SEEC).

Ele esteve presente na premiação e afirma que o RN tem proporcionalmente aos demais dos estados uns menores números de matrículas do país, mas conseguiu classificar um dos maiores números de finalistas da competição. “Trata-se de algo extremamente motivador e um grande reconhecimento do trabalho desenvolvido pelos nossos professores”, finaliza o coordenado do certame no estado.

Sobre a olimpíada

A olimpíada é uma iniciativa do Ministério da Educação e do Itaú Social, com coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec) e conta com o apoio das secretarias estaduais de Educação e da União dos Dirigentes Municipais de Educação.

Notícias semelhantes