estatísticas

Enxames de insetos lideram ocorrências dos Bombeiros em Mossoró

Somente nos primeiros 100 dias de 2019, das 194 ocorrências atendidas, 61 correspondia a algum tipo de perigo desta natureza. 

Os pedidos de socorro onde o risco envolve enxames de insetos lideram as estatísticas de ocorrências registradas pelo Corpo de Bombeiros em Mossoró e região. Somente nos primeiros 100 dias de 2019, das 194 ocorrências atendidas, 61 correspondia a algum tipo de perigo desta natureza.

Pensando na segurança da população, a Sessão Independente de Defesa Ambiental (Sidam), que tem como principal objetivo garantir a segurança do meio ambiente, seja por combate a incêndios florestais, por captura de animais, e outros, recomenda os seguintes cuidados:

• Caso visualize um enxame de abelhas em seu quintal, jamais tente fazer a remoção por conta própria. Se afaste e ligue imediatamente para o telefone de emergência 193;

• Atenção redobrada com as crianças e os idosos, oriente seus filhos para que não brinque próximo ao enxame e não jogue nenhum objeto nas abelhas;

• Afaste os animais domésticos do enxame, qualquer barulho que eles façam, poderá irritá-las e desencadear um ataque;

• Ao se deparar com um enxame de abelhas em deslocamento, abaixe-se e se perceber que será atacado, corra, preferencialmente em ziguezague;

• Pessoas comprovadamente alérgicas devem evitar caminhadas em locais próximos a matas;

• Mantenha a calma e lembre-se: As abelhas têm o instinto natural de defender as colmeias, e certamente irão atacar caso identifiquem alguma ameaça.

Notícias semelhantes