Contribuição

Deputada Isolda contribui para abertura de leitos de UTI em Mossoró

Serão abertos novos 10 leitos pelo Governo do Estado que serão instalados no Hospital da Liga contra o Câncer

A crise sanitária pela qual passa o Brasil e que apresentou um agravamento promovido pelo aumento de casos da covid vem exigindo ainda mais esforços tanto do poder público como da sociedade em geral. O número de doentes que estão na fila de espera por um leito de UTI, chega a ser considerado dramático.

Para tentar conter o problema, o Governo do Rio Grande do Norte anunciou a abertura de 10 novos leitos de UTI Covid-19 em Mossoró. Esse benefício conta com o emprenho da Deputada Estadual Isolda Dantas (PT), que destinou R$ 50 mil em emendas para a compra de equipamentos para serem utilizados nos novos leitos.

Os leitos serão abertos no Hospital da Liga Contra o Câncer de Mossoró e a expectativa é que comecem a funcionar ainda nesta semana. O investimento faz parte da expansão da rede pública de saúde durante a pandemia. “O Governo do Estado vai abrir 10 novos leitos de UTI Covid na nossa cidade. Os leitos deverão funcionar ainda nesta semana. E eu fico muito feliz de contribuir para esta conquista de leitos no Hospital da Liga”, declarou a deputada.

Desde o início da pandemia, há um ano, o governo do RN abriu mais de 80 leitos de UTI em Mossoró para atender toda a região Oeste. Neste ano, foram 10 leitos no Hospital São Luiz, 10 no Hospital Rafael Fernandes e 3 (sendo dois semi-intensivos) no Tarcísio Maia. Agora, serão mais 10 no Hospital da Liga contra o Câncer. “Em nome do povo de Mossoró, a gente agradece a sensibilidade da governadora Fátima por mais 10 leitos no Hospital da Liga que, com certeza, fará um trabalho com excelência”, ressaltou Isolda.

A deputada destacou também que os recursos serviram para a compra de equipamentos, como camas mecânicas e EPIs para pacientes e profissionais da Liga. Segundo Isolda, com os novos leitos, a rede estadual de saúde ameniza a fila de espera por um leito de UTI, mas alerta para a gravidade da situação. Nesta segunda-feira, 129 pessoas em estado grave estavam na fila a espera de um leito em todo estado. “Alertamos a toda população que não basta a abertura de leitos. Precisamos cumprir o decreto com as medidas restritivas, o distanciamento social. Quem puder, fique em casa.  E vamos seguir na luta para salvar vidas potiguares”, concluiu a deputada.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...