Cláudia Regina vai ou não ser candidata a prefeita?

O adiamento das eleições para 15 de novembro pode ter dado a campanha municipal um “ingrediente” a mais em termos de emoção. Até então parecia tudo caminhar tranquilo para Rosalba, sem ter ao menos adversários na disputa. Falo isso porque os deputados Allyson Bezerra e Isolda, mesmo com os seus balões de ensaios, não representam hoje nenhuma ameaça a atual prefeita.  Entretanto, o surgimento do nome da ex prefeita Cláudia com a volta dos direitos políticos vai dar “pano pras mangas”. Movimentação neste sentido já começa a ser feita pela própria Cláudia dialogando com os mais diversos partidos. A presidente da Câmara e do MDB, vereadora Izabel Montenegro, já foi contatada para uma conversa. Com Jorge do Rosário e Larissa Rosado fora da disputa, Cláudia é hoje o nome mais forte para um embate com a Rosa. Aguardemos os desdobramentos.


ELEITORES

175,929 mil são os eleitores aptos a votarem em Mossoró nas eleições próximas de 15 de novembro. Se não fosse o número altíssimo de pessoas de Mossoró que votam em várias cidades do oeste, já teríamos passado dos 200 mil e consequentemente já dava 2º turno por aqui. Do pleito de 2016 para este ano houve um aumento de 8.809 mil eleitores.

MINISTROS

Os ministros potiguares no governo de Jair Bolsonaro, deputados Rogério Marinho e Fábio Faria, pelo que acompanhamos estão bem na fita. Esperamos que o nosso RN possa tirar algum proveito nisso.  As águas do Rio São Francisco vão chegar ao nosso Estado até o próximo ano. Não podemos deixar de dar o crédito ao saudoso Aluízio Alves, pois quando esteve no ministério da Integração Nacional também lutou por esta obra.

CAMPANHA

Por já ter participado de campanhas políticas como candidato, fico imaginado como será este ano. Com a classe cada vez mais desacreditada, como a população vai receber os candidatos na sua casa em tempos de pandemia? Se é que receberão!!! E se tratando de vereador, que é o político mais castigado de todos, não quero nem imaginar o que vai ser.

POLITIZARAM

Passados mais de 100 dias do tal isolamento social só chegamos a uma conclusão: que politizaram o debate de uma forma que até medicamentos, não em nome da ciência, mas sim de ideologia política, foram ignorados. Uma vergonha!!! Hipocrisia estampada nos Instas, em detrimento de vidas humanas que foram e estão sendo ceifadas todos os dias. Bacanas com seus salários assegurados, defendendo suas “quarentenas goumert”, enquanto os mais pobres vendo seus entes queridos morrerem de Covid 19 e de fome.

RENDA BRASIL

Vem aí o programa social Renda Brasil, uma transformação do Bolsa Família para mais pessoas. Da mesma forma que o PT fez com o Bolsa Escola de FHC. Como sempre são contrários a tudo, a bancada da esquerda vai fazer o papel dela. Na criação do Real, do Bolsa Escola, dos remédios genéricos, são sempre do contra.

FUTEBOL

O dirigente do Santa Cruz de Natal, Lupércio Segundo, está sugerindo que o campeonato estadual ocorra em dezembro sem risco de rebaixamento para as equipes. Assim, eles já entravam em janeiro com os clubes em atividades.  Só lembrando que 4 equipes do Estado ainda disputam este ano a série D, entre elas o Potiguar de Mossoró.

LARISSA OU JORGE

Dizem que está sendo feita uma pesquisa para a escolha do nome que vai compor chapa com Rosalba. Larissa Rosado e Jorge do Rosário são os mais cotados. Não sei de que forma vão fazer a leitura desse trabalho, mas é evidente que se for em números a tendência é Larissa ganhar. Só que nessa história tem um voto que vale por mil pesquisas, e esse voto não deseja dois Rosados na chapa. O ex deputado Carlos Augusto, segundo uma fonte, prefere o empresário Jorge do Rosário.

RADIALISTAS

Que o rádio mossoroense é feito por grandes profissionais ao longo dos anos, eu sempre soube disso. Claro que aqui já passaram grandes talentos do rádio nordestino. Mas me orgulho pela proximidade que tenho com eles, e por saber que eles são um sucesso nosso. Estou me referindo ao momento que vivem Jota Régis e Ciro Robson em Natal, Mendonça Filho e Evaristo Nogueira em Fortaleza.

AUXILIO EMERGENCIAL

Dizer que a extrema pobreza foi reduzida com o Auxílio Emergencial do Governo Federal, não é verdade. Agora, sem ele a situação estaria bem pior. O governo federal falhou em muitas coisas, mas os recursos chegaram para o povo e os governantes. O mais triste é que muitos dos administradores pelo Brasil afora fizeram e estão fazendo farra com o dinheiro que era para cuidar da saúde do povo. Aqui no RN, vejo como má gestão mesmo.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...