Eleições 2020

Cláudia Regina diz que está sofrendo intimidações

Candidata afirma que disparos feitos em sua movimentação política são um atentado à democracia

A ex-prefeita Cláudia Regina, do Democratas (DEM) candidata à prefeitura de Mossoró, revelou hoje que está sofrendo intimidações na atual campanha eleitoral. Para a candidata, os disparos feitos durante ato de sua campanha ontem, tiveram o claro propósito de intimidação.

Cláudia se reportou ao fato ocorrido na noite desta segunda-feira, 26/10, quando uma movimentação de sua candidatura teve que ser encerrada após o registro de tiroteios na rua Tonheca Dantas, no Abolição IV.

“A nossa equipe chegou às 18h, fazendo panfletagem, carro de som tocando as músicas, tudo normal, como a ente sempre faz. Trinta minutos depois eu cheguei, cumprimentei as pessoas no entorno do local do início da movimentação, como sempre fui muito bem acolhida, e subi no carro para fazer o trajeto, que era longo. Quando o carro estava se locomovendo, 150, 200 metros, fomos surpreendidos por 8 disparos. No momento não fiquei sem entender e quando vi foi as pessoas correndo”, relatou.

Cláudia Regina afirmou que o episódio a deixou bastante chocada, triste e preocupada. “Isso foi feito com o intuito exclusivo de me intimidar. Isso aconteceu na hora que eu comecei a me deslocar. E os disparos eram muito próximos de onde a gente estava. Isso não é brincadeira. Isso é um atentado à democracia. Um candidato não poder se manifestar porque está incomodando a alguém”, afirmou.

Cláudia Regina disse que os disparos foram feitos para lhe intimidar, mas que apesar de tudo, ela não irá se calar. “Fui vítima do que muitos são vítimas. É por essas pessoas e por essa situações que eu não vou me calar” afirmou.

A ex-prefeita revelou que desde que lançou a candidatura que vem sofrendo pressões de todos os níveis. “A cada semana tem um boato diferente sobre minha candidatura. Mas nada disso vai me intimidar”, garantiu.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...