Análise

´Câmara precisa deixar de ser puxadinho do palácio´, diz vereador

Pablo Aires afirma que recusou convite do prefeito Allyson Bezerra para integrar governo porque quer Legislativo independente

“Precisamos entender que o Legislativo é um poder independente Essa ideia de que a Câmara tem que ser um puxadinho do palácio (da Resistência, sede da prefeitura) tem que acabar”. A análise foi feita pelo vereador eleito em Mossoró Pablo Aires, do Partido Socialista Brasileiro (PSB) em entrevista ao Portal do RN.

Pablo, que afirma que irá adotar uma postura de independência na Câmara Municipal, ressalta inclusive que essa condição é mal compreendida ou mal usada por alguns. “Tem gente que se diz independente e acaba se tornando governista”, aponta o futuro parlamentar, acrescentando que essa postura será de exercer o mandato votando e apoiando causas que beneficiem a coletividade e fazendo o papel de fiscalizar os atos do Executivo.

“Não seremos empecilho à governabilidade, não vamos ser entraves ao governo. Onde nós pudermos contribuir, nós vamos contribuir, contudo vamos exercer fielmente o nosso papel de vereador, especialmente o de fiscal do prefeito, de fiscal de cumprimento do orçamento”, acrescenta.

Ainda em contato com o Portal do RN, Pablo revelou que recebeu ligação do prefeito eleito Allyson Bezerra, do Solidariedade (SDD) para compor a base governista na Câmara. “Não vamos integrar o governo, nem agora nem à frente porque queremos independência para fiscalizar o governo”, apontou.

Pablo ressaltou ainda que vai decidir o seu voto para a presidência do Legislativo observando critérios, tendo como principal questão a independência daquele poder. “Vamos votar em quem queira desenvolver uma gestão na Câmara Municipal priorizando a independência do Legislativo”, finaliza.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...