Processo

Bolsonaro é derrotado em ação contra a Folha no TSE

O placar foi 7 a 0. Cabe recurso ao próprio TSE.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou nesta quinta-feira (19), por unanimidade, a procedência de uma ação do presidente Jair Bolsonaro (PSL) contra seus adversários Fernando Haddad e Manuela d’Ávila (PC do B) e contra o presidente do Grupo Folha, Luiz Frias, a acionista do jornal Maria Cristina Frias e a repórter Patrícia Campos Mello.

O processo foi ajuizado pela chapa do então candidato do PSL em outubro 2018 em reação à reportagem “Empresários bancam campanha contra o PT pelo WhatsApp”.

O texto publicado no dia 18 daquele mês revelou que empresários impulsionaram disparos em massa por WhatsApp contra o PT.

O placar foi 7 a 0. Cabe recurso ao próprio TSE.

Notícias semelhantes