Condenados

Acusados de chacina em Mossoró são condenados; penas somam mais de 550 anos

No crime, cinco pessoas foram mortas a tiros, em março de 2017, no bairro Boa Vista. No total, as penas somam mais de 550 anos.



Os quatro réus do júri da chacina do ‘baile funk’ em Mossoró foram condenados a prisão nesta terça-feira (7), no Fórum Silveira Martins. No crime, cinco pessoas foram mortas a tiros, em março de 2017, no bairro Boa Vista. No total, as penas somam mais de 550 anos.

A menor pena foi de 137 ais e 10 meses em regime fechado. Os condenados foram:

Felipe Martins dos Santos, 137 anos e 10 meses

Francisco Josenilson da Silva, 138 anos e 7 meses

Abdiel da Silva Domiciano, 138 anos e 7 meses

Marlon Bruno da Silva Nascimento, 156 anos

As vítimas da chacina, quatro homens e uma mulher, estavam na festa, batizada de ‘Primeiro Baile de Favela’, quando os bandidos chegaram, entraram e começaram a atirar. Houve correria e outras pessoas acabaram baleadas ou feridas. A polícia encontrou capsulas de pistola e fuzil no local.

Notícias semelhantes