Educação

Rosalba envia à Câmara projeto da gestão democrática nas escolas

Com a escolha dos gestores feita pela comunidade escolar, 250 cargos deixarão de ser nomeados pelo prefeito

A prefeita Rosalba Ciarlini, do Partido Progressistas (PP) enviou à Câmara Municipal o Projeto de Lei 1234/2020 dispondo sobre a gestão democrática nas escolas da rede municipal de ensino de Mossoró.

Pela proposta, os gestores das unidades educacionais serão escolhidos pela comunidade escolar por meio do voto. Essa ideia vem sendo defendida há anos pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM) que inclusive chegou a incluí-la no Plano Municipal de Educação (PME).

O envio do projeto ao Legislativo causou estranheza pelo fato de Rosalba Ciarlini ter se recusado durante todo o seu mandato a torná-la realidade. Aliás, o SINDISERPUM teve que recorrer ao Ministério Público para que este recomendasse ao Município o envio da proposta ao Legislativo.

Presidente do SINDISERPUM, a professora Marleide Cunha lembra que a inclusão do termo ‘eleições diretas’ na Meta 19 do PME foi conquista do sindicato.

Com a escolha dos dirigentes escolares por meio dos integrantes da comunidade escolar, 250 cargos comissionados deixarão de ser nomeados pelo futuro prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade).

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...