Punição

STJD mantém punição e Potiguar perde seis pontos no Estadual

Com a perda dos pontos, o Potiguar agora fica com 21 pontos na classificação geral, e na final do segundo turno.

O STJD manteve a perde de seis pontos do Potiguar de Mossoró, pela escalação irregular do atleta Sávio Elielton Andrade Abreu na partida contra o Palmeira de Goianinha, no dia 9 de janeiro deste ano. O julgamento aconteceu na tarde desta quinta-feira (28).

Com a perda dos pontos, o Potiguar agora fica com 21 pontos na classificação geral, e na final do segundo turno. Para garantir novamente a vaga da Copa do Brasil, o Time Macho terá que torcer por um tropeço do Globo ou vencer o América/RN na decisão para se tornar campeão da Copa Rio Grande do Norte.

A defesa oral do clube foi realizada pelo advogado carioca Arley Carvalho, que aludiu às normas desportivas nacionais que em nenhum momento impedem a participação de jogadores com idade entre 14 e 16 anos, mencionando diversos casos de atletas que participaram de jogos profissionais com essa idade.

Apesar da decisão, o clube afirmou, em nota, que respeitará e cumprirá a punição.

Entenda o caso

O Força e Luz denunciou o Potiguar dias após a realização do jogo do Time Macho contra o Palmeira, em Mossoró. O atleta Sávio, de 15 anos, foi um dos escalados na partida.

O Regulamento Geral de Competições da Federação Norte-rio-grandense de Futebol não permite a escalação de atletas menores de 16 anos em competições profissionais. Sávio, que ficou no banco no duelo, nasceu em 27 de abril de 2003. Portanto, tem 15 anos.

Notícias semelhantes