Mobilidade urbana

Plataforma criada em Mossoró garante participação pública

Nova gestão vem desenvolvendo vários projetos que objetivam melhorar os acessos e facilitar o trânsito de veículos e pedestres

A população de Mossoró tem apenas mais três dias para participar e expor suas sugestões sobre o trânsito de Mossoró. É que no dia 31 deste mês será encerrado o recebimento das opiniões dos mossoroenses que desejam alguma alteração no trânsito local através da plataforma Mossoró Mobilidade. O canal de comunicação entre a Secretaria de Mobilidade Urbana e a população foi criado durante a campanha nacional ‘Maio Amarelo’ que, neste ano, aborda o tema: Respeito e Responsabilidade.

De acordo com o diretor executivo de Mobilidade Urbana de Mossoró, Luis Correia, a criação da plataforma, Mossoró Mobilidade foi uma ideia do prefeito Allyson Bezerra visando uma maior interação entre a população e o poder público. Para Luiz, a ferramenta de comunicação foi muito bem aceita e já gerou muitas sugestões que estão sendo analisadas pela secretaria. “Eu considero essa ideia do prefeito Allyson, genial, porque permitiu a população opinar sobre o que ela considera necessário para o seu bairro, para sua rua. É um projeto inovador que certamente vai fazer com as pessoas se interessem pelo trânsito de sua cidade a partir do momento em que tem a oportunidade de participar de alguma mudança”, ressaltou.

As sugestões ainda podem ser enviadas para a secretaria até o dia 31 deste mês, através da plataforma Mossoró Mobilidade acessando: mossoro.rn.gov.br/mossoromobilidade, ou ainda através do telefone: 9 9621-9837.  Todas as sugestões recebidas serão analisadas por uma equipe da secretaria.

O diretor de Mobilidade urbana de Mossoró adiantou ainda que a secretaria dispõe de inúmeros projetos que estão sendo avaliados e alguns passando por simulações. Como é o caso do projeto de melhoria do trânsito na Rua João da Escóssia. Segundo Luis, essa via concentra um tráfego muito intenso de veículos diariamente e necessita de melhorias para que possa reduzir os riscos de acidentes. “Estamos realizando várias simulações no trecho para então concluir o projeto que visa melhor o fluxo de veículos e reduzir o número de acidentes nesta via da cidade”, explicou.

O diretor acrescentou também que está em estudo uma rotatória para o trecho que compreende a igreja de São João no bairro Doze Anos. “Todos os projetos passarão antes por simulações para que possamos avaliar os resultados das mudanças antes da concretização em definitivo”, concluiu.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...