Em Mossoró

Moradores de rua começam a ser vacinados

Imunização para este grupo foi iniciada na noite de ontem, 29, e seguirá por mais dois dias na cidade

As pessoas que vivem em situação de rua em Mossoró começaram a ser vacinadas na noite de ontem, 29. O trabalho de imunização deste grupo está sendo desenvolvido pelas Secretarias Municipal de Saúde e do Desenvolvimento Social e Juventude.

A imunização deste público-alvo está sendo realizada pela equipe do Consultório de Rua. De acordo com a coordenadora do programa, Aparecida Souza, 39 pessoas em situação de rua foram vacinadas, no primeiro dia. A vacinação para os moradores de rua vai se estender pelos próximos dois dias. “Ontem foram vacinadas 39 pessoas em situação de rua. A vacinação vai continuar hoje, 30, e amanhã, 31, e conforme a gente for cadastrando no RN Mais Vacina a gente vai sair com as vacinas a procura de mais integrantes deste grupo a partir das 17h30”, detalhou.

De acordo com Aparecida, 232 pessoas em situação de rua estão cadastradas. Elas são acompanhadas pelo Consultório de Rua. A coordenadora esclarece que o número de pessoas nessa situação em Mossoró é maior. “Nós temos cadastrados 232 moradores em situação de rua acompanhados e cadastrados conosco. Esses moradores são acompanhados semanalmente, mensalmente e quinzenalmente pela nossa equipe. A gente tem mais de 400 moradores em situação de rua, mas não estão todos cadastrados e acompanhados por nós da Saúde”, explicou.

A secretária do Desenvolvimento Social, Janaína Holanda, destaca a importância da vacinação desse público por conta da vulnerabilidade apresentada para essas pessoas que vivem na rua. “Estou muito feliz com a vacinação desse grupo. Pois são pessoas que estão muito vulneráveis a vários tipos de doenças, em especial ao coronavírus. São pessoas que tem acesso limitado, por exemplo para banho, higiene pessoal. Por isso a imunização é muito importante para esse público”, ressaltou.

Janaína reforça para quem ainda não tomou a vacina, deve procurar a equipe do Consultório de Rua ou a equipe de abordagem social, vinculada ao Desenvolvimento Social, onde será feito um cadastro e a partir desse cadastro é que a pessoas estarão aptas a tomar a vacina. O Rio Grande do Norte foi o primeiro estado brasileiro a iniciar a vacinação da população em situação de rua. São estimadas 1.500 pessoas nessa situação em 20 municípios potiguares.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...