Reforço

Força Nacional reforçará segurança em presídio federal de Mossoró

De acordo com a portaria, a Força Nacional atuará em caráter episódico e planejado pelo período de 180 dias

O Ministério da Justiça e Segurança Pública determinou hoje (22) o aumento da segurança na Penitenciária Federal de Mossoró. A portaria, publicada no Diário Oficial da União, prevê que o reforço caberá à Força Nacional de Segurança Pública (FNSP), que fará ações de policiamento de guarda e vigilância no perímetro interno da penitenciária.

De acordo com a portaria, a Força Nacional atuará em caráter episódico e planejado pelo período de 180 dias. Caso haja necessidade, o prazo poderá ser prorrogado. O número de militares que irão atuar na operação não foi informado.

A pasta de Justiça não forneceu informações detalhadas a respeito, mas o reforço na segurança foi pedido pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen). A medida ocorre após o governo de São Paulo ter transferido, no último dia 13, 22 presos para penitenciárias federais. Segundo o governo paulista, todos são lideres da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).

Oito destes presos foram transferidos para a Penitenciária Federal de Mossoró. Um forte esquema de segurança foi montado para a transferência. 800 militares do Exército Brasileiro realizaram a operação de segurança para levar os detentos ao presídio de Mossoró.

Notícias semelhantes