manifestação

Contra reforma da previdência, rodoviários param ônibus em Natal

Os protestos começaram por volta das 9h30, em dois pontos da cidade, e se encerraram por volta das 10h30.

Os trabalhadores rodoviários pararam os ônibus das linhas urbanas de Natal na manhã desta sexta-feira (22) em manifestação contra a reforma da previdência. Os protestos começaram por volta das 9h30, em dois pontos da cidade, e se encerraram por volta das 10h30.

Os motoristas estacionaram os ônibus nas proximidades do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários (Sintro), na região do viaduto do Baldo, na Cidade Alta. O outro ponto de manifestação foi no cruzamento das avenidas Bernardo Vieira e Prudente de Morais, no bairro Tirol.

De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal, a manifestação gerou atraso em todas as linhas do transporte público da cidade.

Segundo o diretor do sindicato, Harley Davidson, os ônibus de todas linhas as que passam pelos dois pontos – locais de fluxo intenso de ônibus na capital potiguar – paralisaram para o protesto.
“Achamos injusto o rodoviário trabalhar tanto tempo para conseguir se aposentar. Não apenas nossa categoria, como as outras também. Chega a ser absurdo, desumano”, afirmou o sindicalista.

G1 RN

Notícias semelhantes