Mcj virtual

Chuva de Bala será exibido em formato de filme

Toda a programação está sendo preparada para ser apresentada através de lives e filme somente com artistas locais

Segundo ano de pandemia da covid-19 e de acordo com orientações técnicas das autoridades de saúde, o distanciamento social é uma das medidas mais eficientes para conter o avanço da doença. Devido a essas restrições de convívio social, os eventos artísticos e culturais tiveram que silenciar e os artistas precisaram parar suas atividades. Porém, com criatividade e cuidados é possível fazer arte e levar diversão até o público sem promover aglomerações e cumprir as normas de segurança sanitária.

Foi se apropriando dessa criatividade que a Secretaria Municipal de Cultura de Mossoró irá realizar neste ano, apesar da pandemia, o Mossoró Cidade Junina Virtual (MCJV). O evento, que ao longo dos anos, foi se tornando uma das maiores atrações culturais do interior do Rio Grande do Norte, vai acontecer com todas as atrações que costumam compor a programação do mês mais festivo de Mossoró. Nesse novo formato, o público vai poder assistir a todas as atrações sem sair de casa.

Além das lives com shows musicais, neste ano também, somente com artistas da terra, o público também terá a oportunidade de assistir ao espetáculo ‘Chuva de Bala no país de Mossoró’, em uma versão inédita, em forma de filme. As gravações estão acontecendo, com um elenco já acostumado a contar esse fato histórico de Mossoró, nas versões anteriores. As últimas cenas estão sendo concluídas.

O espetáculo original, foi criado para ser apresentado ao ar livre, em formato de musical. Conta a história de coragem e bravura do povo mossoroense que, liderado pelo então prefeito Rodolfo Fernandes, enfrentou o bando do cangaceiro Lampião. No formato tradicional, o Chuva de Bala, é apresentado no adro da Capela de São Vicente, localizada na Avenida Alberto Maranhão, local que serviu de trincheira na ocasião do ataque do bando de Virgulino à cidade no dia 23 de junho de 1923.

Entre os pontos que serviram de cenário para o filme ‘Chuva de Bala no país de Mossoró’, estão: Palácio da Resistência, Colégio Diocesano Santa Luzia, Ponte Férrea, Teatro Municipal Dix-huit Rosado, capela de São Vicente, entre outros locais.

Com o projeto virtual, a Prefeitura de Mossoró está permitindo que os artistas locais trabalhem e mostrem seus talentos mesmo em tempos de pandemia. O elenco é composto por mais de 100 pessoas entre atores, bailarinos, direção, assistência e apoio. O filme ‘Chuva de bala no país de Mossoró’, conta com a direção de Marcos Leonardo e a assistência de direção é de Júnior Felix, coreografia de Hykaro Mendonça, texto de Tarcísio Gurgel e música de Caio Padilha.

Últimas cenas do filme ‘Chuva de Bala no País de Mossoró’, estão sendo gravadas

ESTREIA

A estreia do filme ‘Chuva de bala no país de Mossoró’ será no dia 23 de junho, exatamente na data em que, no ano de 1927, o bando invadiu a cidade. A exibição será através do canal oficial da prefeitura no You Tube. O Secretário Municipal de Cultura Etevaldo Almeida, ressalta a importância da realização do Mossoró Cidade Junina em formato virtual como forma de garantir emprego e renda para os artistas e demais pessoas envolvidas.

Etevaldo reforça ainda que o filme retrata a história de resistência do povo mossoroense ao bando do cangaceiro Lampião e reúne elementos do teatro, da dança e da música. “A exibição será no canal oficial da Prefeitura de Mossoró no YouTube. No dia 23 vamos liberar o filme que será a estreia e o lançamento”, comentou. O secretário disse também que há possibilidade de projeção do filme em outras plataformas.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...